quinta-feira, 10 de setembro de 2015

JOAQUIM LEVY DISCORDA DA STANDARD&POOR'S E FALA EM "UM POUQUINHO MAIS DE IMPOSTO"



NÚMEROS DA ECONOMIA

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse hoje, que a decisão da Agência de Classificação de Risco Standard&Poor's foi muito mais política do que baseado na situação econômica do país.

O ministro disse ainda que "vale a pena "pagar um pouquinho mais de imposto" para possibilitar a recuperação econômica do país. 

A fala do ministro se deu durante entrevista coletiva no Ministério da Fazenda.

Levy não confirmou o aumento de qualquer imposto, mas disse que "estão no Congresso medidas que devem ajudar na reestruturação fiscal do país", apontando como duas das principais, a reforma do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que deve acabar com a guerra fiscal entre os estados e a repatriação dos recursos ilícitos de brasileiros no exterior.

No caso da repatriação dos RECURSOS ILÍCITOS, o governo enviou nesta quinta-feira (10/09) Projeto de Lei ao Congresso, em substituição à proposta do senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), que era a que vinha sendo discutida.

O ministro ressaltou o esforço de economia que o governo vem realizando e reafirmou que o trabalho de recuperação fiscal não está encerrado. Segundo ele, há “bastante trabalho pela frente”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário