sexta-feira, 19 de agosto de 2016

NADADORES AMERICANOS CONFESSAM FALSA NOTIFICAÇÃO DE ROUBO - E SÃO HOSTILIZADOS NA SAÍDA DEAT - VÍDEO

ATLETAS DOS ESTADOS UNIDOS - Gunnar Bentz e Jack Conger - Deixaram o Brasil ainda na noite de ontem.
Os nadadores dos Estados Unidos - Gunnar Bentz e Jack Conger  tiveram seus passaportes devolvidos pela Justiça e depois de prestarem depoimento sobre o falso assalto sofrido junto com os também nadadores Ryan Lochte e James Feigen, receberam autorização para deixar o Brasil. Eles haviam sido retirados de dentro de um avião quando esteve estava prestes a levantar voo para os Estados Unidos.

Em depoimento prestado na Deat (Delegacia Especial de Atendimento ao Turista), os atletas confirmaram que o grupo se envolveu em uma confusão em um posto de gasolina, após sair de uma festa. Eles estavam embriagados e diante do fato de serem detidos pelos seguranças do Posto de Gasolina que depredaram, a narrativa fantasiosa, foi articulada por Lochte.

Ao deixarem a Deat, os dois foram vaiados por um grupo de pessoas que esperavam na parte de fora da delegacia.

Já o terceiro nadador envolvido no caso, James Feigen que também prestou depoimento ontem, após se apresentar, segue sem poder deixar o Brasil. 

Apontado como mentor da FARSA, Ryan Lochte, já se encontrava nos Estados Unidos.

O caso terá desdobramentos na esfera JUDICIAL, e a repercussão do caso tem gerado críticas aos atletas americanos, que tentaram manchar a imagem da Cidade do Rio de Janeiro.

Matéria com base em notícia do Site UOL
CLIQUE AQUI

2 comentários:

  1. moleques, acabaram se dando mal.

    Eles pensam que nós no Brasil não conhecemos câmeras de segurança.

    SALOMÃO

    ResponderExcluir
  2. ele perdeu patrocínio e vai custar para se levantar do tombo.

    ResponderExcluir