sábado, 3 de dezembro de 2016

BILHETE ÚNICO INTERMUNICIPAL É SUSPENSO POR FALTA DE PAGAMENTO DO ESTADO

 03/12/2016 - Economia - Rio de Janeiro 
TRABALHADOR VAI PAGAR A CONTA DA CRISE E MÁ GESTÃO DO GOVERNO DO RIO DE JANEIRO - SEGUNDA-FEIRA - TRENS, BARCAS, METRÔ E ÔNIBUS TERÃO TARIFA CHEIA PARA O USUÁRIO.

A partir de segunda-feira, dia 05/12, e até que o Governo de Fernando Pezão - PMDB/RJ, pague tudo o que deve às concessionárias de Transportes Públicos, os aproximadamente 5,3 milhões de usuários do Bilhete Único (BU) do estado não terão mais os descontos nas tarifas, concedidos nas viagens intermunicipais. 

A dívida já alcançou nos últimos sete dias, a soma de R$ 17 milhões. EM nota, as concessionárias de transporte (CCR Barcas, Fetranspor (que representa as empresas de ônibus), MetrôRio e a SuperVia) dizem que não podem mais suportar os atrasos e decidiram então pela suspensão do benefício.

TRECHO DA NOTA
"Depois de sucessivas postergações no pagamento integral dos repasses dos subsídios pelo Governo do Estado, as concessionárias de transporte público informam que, a partir da zero hora de segunda-feira, dia 5 de dezembro, os usuários beneficiados pelo Bilhete Único Intermunicipal não terão mais acesso ao desconto tarifário ao embarcarem em barcas, metrô, ônibus, trens e vans legalizadas na Região Metropolitana”. 

O ESTADO não deu prazo para pagar a dívida.
As empresas ressaltam que os cartões BU continuarão a ser aceitos normalmente, mas sem os descontos. Elas se comprometem a retomar os valores da integração tão logo o repasse do governo seja normalizado. As integrações municipais na cidade do Rio não sofrem alteração.

Fonte: Site/ Blog BBBNotícias

Um comentário: