sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

DÓLAR DISPARA COM CRISE DO GOVERNO TEMER

Economia - 02/02/2016
O Dólar fechou em alta, refletindo uma semana conturbada, cheia de NOTÍCIAS RUINS.

Para a BASE DE APOIO do governo Temer sobraram acusações de que houve uma MANOBRA ABORTADA para ANISTIAR o CAIXA DOIS.

A decisão do STF de tornar RÉU o presidente do SENADO - Renana Calheiros - PMDB/AL, RÉU, acusado de crime de PECULATO foi mais um ingrediente para PESSIMISMO. Renan Calheiros é considerado nesse momento imprescindível para a aprovação no Senado das medidas econômicas que o governo de Temer considera importantes aprovar para sinalizar aos homens de mercado que o seu governo vai fazer o que eles consideram importante.

A popularidade do governo de Michel Temer nunca foi boa, e só tem piorado. Há uma manifestação prevista para DOMINGO que preocupa, pela possibilidade de ECOAR um FORA TEMER com força entre os ex-apoiadores do Impeachment de Dilma

Mas, nada contribuiu tanto para a subida da moeda americana do que  a expetativa com relação ao acordo de leniência da Odebrecht, assinado nesta semana. Cerca de 200 políticos devem ser DELATADOS, e entre eles estão DEPUTADOS, SENADORES que apoiam o governo, E ATÉ INTEGRANTES DO GOVERNO. Dizem as fontes com acesso ao que já vazou, que até o presidente TEMER  está no olho do furacão.

POR ISSO, o Dólar fechou a semana cotado em alta de 0,14% a R$ 3,4716, acumulando valorização de 1,77% na semana e subindo 2,49% no mês. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário