quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

GREVE DE AGENTES DO DESIPE É SUSPENSA APÓS ACORDO COM O GOVERNO DO RIO

30 DIAS DE PRAZO PARA QUE SE CONCLUA O ACORDO DE SALVAÇÃO ASSINADO COM A UNIÃO.

O Governo Pezão espera poder então pagar os salários em dia, e quitar o Décimo Terceiro de 2016, além das gratificações e horas extras atrasadas com os servidores da segurança.


O governo do Rio de Janeiro apresentou aos servidores do sistema penitenciário proposta de suspensão da greve por 30 dias até o encerramento de negociações com o governo federal. A sugestão, que busca viabilizar reivindicações da categoria, foi feita durante audiência de conciliação mediada pela presidência do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

O sindicato ficou de apresentar a proposta em assembleia, e responder por meio de petição até o dia 31 deste mês. Durante o período, ficam suspensos os prazos e a apresentação de recursos ao processo. Os agentes penitenciários ainda se comprometem a manter o serviço dentro das condições habituais. O Ministério Público do Rio participou das negociações.

Os servidores do sistema penitenciário reivindicam o pagamento do 13º salário, do Regime Adicional de Serviço (RAS), restabelecimento do calendário de pagamento e convocação dos aprovados em concursos de 2003 e 2012, além de melhores condições de trabalho.

A greve dos agentes penitenciários começou no dia 17 e foi suspensa por dois dias, após o Tribunal de Justiça ter determinado o retorno às atividade sob pena de multa diária de R$ 100 mil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário