sábado, 29 de abril de 2017

ESTUDANTE GOLPEADO POR PM EM GOIÂNIA, ENCONTRA-SE EM ESTADO GRAVE.

POLICIAL DESFERIU VIOLENTO GOLPE DE CASSETETE NA FACE DO ESTUDANTE QUE SOFREU TRAUMATISMO CRANIANO.

O estudante de Ciências Sociais da UFG (Universidade Federal de Goiás), Mateus Ferreira da Silva, de 33 anos de idade, continua internado no CTI do Hospital de Urgências de Goiânia, e seu estado de saúde é considerado muito grave, após ter sido ferido na cabeça por um policial militar durante o protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência nesta sexta-feira (28/04), em Goiânia. 


A manifestação acontecia na Praça do Bandeirante, e a Polícia Militar alega que precisou intervir para conter atos de vandalismo.

A Universidade Federal de Goiás divulgou nota repudiando a agressão e exigindo apuração dos fatos. A PM, emitiu NOTA reconhecendo que a s imagens divulgadas na INTERNET comprovam que o policial se excedeu no uso da força, e que o estudante foi vítima de "clara agressão".

Mateus Ferreira está SEDADO e respirando com auxílio de aparelhos, correndo risco de morte ou de ficar com sequelas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário