segunda-feira, 1 de maio de 2017

PREÇO DA PASSAGEM DE ÔNIBUS NO RIO DE JANEIRO PODE CHEGAR A R$ 5,30

Empresários do Rio Ônibus querem além do reajuste anual, a revisão tarifária periódica. 

Entre querer esse valor, e obter esse valor, vai uma diferença grande, mas, é certo que a iniciativa dos empresários que controlam os transportes Rodoviários na Cidade do Rio de Janeiro de ir à JUSTIÇA, já surtiu o efeito inicialmente esperado por eles.

CLIQUE EM MAIS INFORMAÇÕES PARA LER A MATÉRIA NA ÍNTEGRA

A Secretaria municipal de Transportes voltou a analisar as conclusões de uma auditoria, contratada pelo Rio Ônibus e pelos consórcios da cidade, realizada pela empresa EY. Esse estudo prevê uma nova tarifa para os ônibus, no valor mínimo de R$ 5,30. Hoje a passagem custa R$ 3,80.

As empresas se baseiam em uma cláusula do contrato com a prefeitura, de que a atual forma de concessão, assinada em 2010, prevê que devem ocorrer revisões periódicas nas tarifas, além dos reajustes anuais das passagens.

As empresas alegam ainda que "ESTÃO TENDO PREJUÍZO" e que o não reajuste acaba com o equilíbrio econômico-financeiro do contrato.

A juíza Luciana Losada Albuquerque Lopes, da 8ª Vara de Fazenda Pública,determinou o início do processo de revisão tarifária.

Já está marcada uma audiência, MEDIADA pela juíza, entre EMPRESAS e PREFEITURA, onde além do preço das passagens, será discutido o PRAZO para climatização de TODOS os ônibus que circulam na cidade do Rio de Janeiro.

A Procuradoria Geral do Município (PGM) CONFIRMOU que já deu início ao processo de revisão da tarifa conforme determinado pela Justiça, mas que não há uma avaliação definitiva, se o valor pedido pelo Rio ÔNIBUS é correto e possível de ser aceito.

Um reajuste dessa magnitude, traria impacto considerável nos índices de inflação, viria num momento difícil de desemprego, com empresas em dificuldade para pagar benefícios, e por certo teria um IMPACTO altamente negativo na economia do MUNICÍPIO e ESTADO.

Vale ainda lembrar que o reajuste de passagens de ônibus já foi objeto de muitas manifestações, e estopim de um período de violentos protestos em 2013/2014

2 comentários:

  1. Tá maluco! Viagem não vale este preço, não!

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde

    Os donos do CARTEL de linhas de ônibus sabem bem o que querem e como conseguir. Estão anos e anos no controle. Cobram caro e oferecem péssimos serviços.

    ResponderExcluir