sexta-feira, 14 de julho de 2017

GOVERNADOR PEZÃO SE AFASTA DO CARGO - ASSUME FRANCISCO DORNELLES


MOTIVO DE SAÚDE - OBESIDADE E DIABETES DESCOMPENSADA - INICIALMENTE POR UMA SEMANA.

CONFIRA A NOTA DO GOVERNO

NOTA À IMPRENSA


14/07/2017- 13:38h 
O governador Luiz Fernando Pezão vai se afastar temporariamente, por uma semana, a partir do próximo domingo (de 16/07 a 23/07), de suas atividades profissionais devido a problemas de saúde, relacionados ao seu quadro metabólico (descompensação do diabetes, aumento de peso, entre outros). Durante esse período, o vice-governador Francisco Dornelles estará à frente do Governo do Estado.

Fonte: Governo do Estado do Rio de Janeiro

14 comentários:

  1. Quem continuará em Brasília para negociar os empréstimos e acabar com o genocídio dos funcionários ativos, inativos e pensionistas do Estado? Dornelles é muito idoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dornelles....? não sei quem é pior..Deus nos ajude!

      Excluir
    2. Boa Noite

      Na fase atual, a negociação é feita por técnicos da SEFAZ e pelo próprio secretário de Fazenda. Os Deputados do Rio de Janeiro podem dar o suporte POLÍTICO para a finalização do processo.

      O afastamento de PEZÃO, por si só, não interfere e não vai prejudicar o andamento da assinatura e a futura liberação do empréstimo.

      Um abraço

      Excluir
    3. Falou sensatamente, como sempre, amigo Servo, mandou bem o recado pra tranquilizar a galera. Um abraço, se sobrar espeço.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. NÃO É POR UMA SEMANA, MENTIRA, É ATÉ DEZEEMBRO OU MAIS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cem certeza é! Com tanta pressão.. coitado... será que a doença voltou?

      Excluir
    2. Boa noite

      Afastamento por motivo de saúde é sempre uma incógnita. PEZÃO teve uma doença grave, por certo que toda essa situação do ESTADO, a possibilidade de ser CASSADO em definitivo pelo TSE, e as chances de se ver mais ENROLADO nas denúncias de CORRUPÇÃO junto com CABRAL, acabam contribuindo para a piora de uma saúde que já não estava boa.

      Vamos aguardar. Para o problema que tem, uma semana é pouco. Mais provável que no mínimo aproveite o recesso parlamentar e só reassuma em AGOSTO.

      Excluir
    3. Pra mim esta licença já estava nos planos dele há muito tempo. Faz parte do jogo. Coitado? Coitado do servidor que está recebendo seus salários parcelados, sem nenhum aviso, sem nenhuma consideração. Pressão estão sofrendo aqueles que vivem na incerteza, sem condições de honrar seus compromissos. Pobre povo. Sem rumo, sem um dirigente que o guie com mãos fortes e defenda seus direitos. À deriva...simplesmente, à deriva.

      Excluir
    4. Concordo, coitados são os servidores, e com areia pra doer bastante. Eles não tem dinheiro? Tem sim, pra comprar e vender como os fatos estão a demonstrar. Mas Deus não dorme e a justiça divina vem a cavalo (e daqueles puros-sangues premiados.

      Excluir
  4. Esta licença é estratégica.
    Acordaaaa povo!

    ResponderExcluir
  5. Licença médica? Que nada... ele entrou de férias e vai pra sua fazenda em Piraí. Mas não faz falta nenhuma, aliás se sumir por lá e não voltar mais melhor ainda...

    ResponderExcluir
  6. BOM DIA

    O governador já havia ensaiado essa notícia de afastamento. ELE CHEGOU A ANUNCIAR QUE TALVEZ NÃO CONCLUÍSSE O MANDATO.

    O mais provável é que ele junte TRATAMENTO DE SAÚDE COM UM RETIRO EM PIAÍ, como disse o senhor Alexandre.

    Na situação que o ESTADO se encontra, ficaria FEIO ele SAIR DE FÉRIAS.

    Então, o DORNELLES que está de férias na EUROPA PASSEANDO, gastando a fortuna que juntou nos 100 ANOS de vivência como político, volta e PEZÃO vai descansar.

    JUNTA O NECESSÁRIO com o agradável.

    Os servidores continuam, porém, sem tirar férias, de seu sofrimento, ansiedade e dívidas.

    ResponderExcluir