domingo, 28 de maio de 2017

FORA TEMER E DIRETAS JÁ REÚNE MILHARES EM COPACABANA

MANIFESTAÇÃO TEVE COMO TEMA AINDA O NÃO À CORRUPÇÃO !

100 MIL CONTRA MICHEL TEMER

ARTISTAS, ESTUDANTES, SINDICALISTAS, SERVIDORES, FIZERAM PARTE DA MULTIDÃO QUE TOMOU A ORLA DE COPACABANA.


O ator Wagner Moura foi um dos mais aplaudidos ao discursar:

 Não é possível Temer continuar, nem esse Congresso escolher seu substituto. Pode não ser ilegal, mas é imoral e ilegítimo. E o ovo da serpente são essas reformas trabalhista e previdenciária".

LEIA +


Ato pede Diretas Já neste domingo, em Copacabana

SERGIO CABRAL É TRANSFERIDO DE BANGU 8 PARA PRESÍDIO EM BENFICA

CASA NOVA !

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral que responde a uma enormidade de crimes perante á Justiça Federal do Rio, acusado de 374 crimes de lavagem de dinheiro e 166 de corrupção passiva, além de crimes contra a ordem financeira e organização criminosa, e a uma outra enorme série de acusações junto à Justiça Federal do Paraná, o que pode lhe custar uma condenação de mais de 100 ANOS DE CADEIA, foi transferido de PRESÍDIO na manhã de hoje.

Preso desde novembro do ano passado em BANGU 8, com uma rápida passagem pela carceragem da Polícia Federal no Paraná, Sérgio Cabral passa a ocupar a partir de hoje uma CELA no antigo Batalhão Especial Prisional (BEP) em Benfica, na Zona Norte do Rio de Janeiro, que foi especialmente reformado para abrigar presos que respondem processo na OPERAÇÃO LAVA JATO ou em outras OPERAÇÕES que investigam crimes semelhantes.

O local se chama agora, Cadeia Pública José Frederico Marques, conta com 512 vagas e vai abrigar ainda presos por não pagar pensão alimentícia. 


O que se vê hoje, é um abatido e envelhecido homem, muito diferente daquele sorridente, debochado e arrogante de antes. Espera-se para o início do segundo semestre, algumas das sentenças definitivas nos processos em que é acusado.

VEJA QUEM VAI JULGAR A CHAPA DILMA / TEMER E PODE DECIDIR ACABAR COM O ATUAL GOVERNO


É GRANDE A EXPECTATIVA EM RELAÇÃO AO DESFECHO NO TSE SOBRE A CASSAÇÃO DA CHAPA DILMA / TEMER.

SE OCORRER, O QUE PARECE INEVITÁVEL, O BRASIL PODE CAMINHAR PARA UMA ELEIÇÃO DIRETA, O QUE SERIA SEM DÚVIDA A SAÍDA MENOS TRAUMÁTICA.

LEIA + AQUI
Cassação de governador ameaça Temer no TSE
Ministros
MINISTROS EFETIVOSORIGEMINÍCIOTÉRMINOBIÊNIO
STF14.2.201614.2.2018
STF15.8.201615.8.2018
Rosa Maria Weber Candiota da RosaSTF24.5.201624.5.2018
STJ27.10.201527.10.2017
Napoleão Nunes Maia FilhoSTJ30.8.201630.8.2018
Admar Gonzaga NetoJURI27.4.201727.4.2019
Tarcisio Vieira de Carvalho NetoJURI9.5.20179.5.2019
MINISTROS SUBSTITUTOSORIGEMINÍCIOTÉRMINOBIÊNIO
Luís Roberto BarrosoSTF3.9.20163.9.2018
Luiz Edson FachinSTF7.6.20167.6.2018
Alexandre de MoraesSTF25.4.201725.4.2019
Jorge MussiSTJ10.11.201510.11.2017
Geraldo Og Nicéas Marques FernandesSTJ30.8.201630.8.2018
VagoJURI---
VagoJURI---

sexta-feira, 26 de maio de 2017

STF MANDA ARRESTAR R$ 187 MILHÕES DO ESTADO DO RIO PARA PAGAR SALÁRIOS DE MAIO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

DESEMBARGADORES, JUÍZES E SERVENTUÁRIOS, ALÉM DE PENSIONISTAS DOS MAGISTRADOS, RECEBERÃO NO PRÓXIMO DIA 31/05

JÁ, 208 MIL SERVIDORES DO EXECUTIVO, ESPERAM PELO SALÁRIO DE ABRIL, E NÃO TEM NENHUMA INFORMAÇÃO DE QUANDO SERÁ PAGO.


Em decisão proferida na tarde de hoje - sexta-feira dia 26/05/2017, o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), acatou pedido do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e mandou arrestar R$ 187 MILHÕES dos cofres do Estado do Rio de Janeiro. 

O valor é corresponde ao chamado Duodécimo Constitucional, obrigação mensal de repasse por parte do Estado, para o poder JUDICIÁRIO.

O governo do Rio de Janeiro não cumpre com a maioria de suas obrigações, entre elas o de repassar o DUODÉCIMO até o dia 20 de cada mês, e por isso vem sendo ARRESTADO .

Com a presente decisão, o salário de maio dos servidores do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro está assegurado de forma INTEGRAL no próximo dia 31 de maio. 

Já quanto ao pedido de ARRESTO feito pela FASP/RJ, e encaminhado também para o Ministro Dias Toffoli, não se tem informação alguma de que ele ao menos tenha se manifestado. 

Os servidores do executivo do Rio, seguem sem receber o salário, ou qualquer informação sobre o salário.

A DEMISSÃO DA PRESIDENTE DO BNDES - Maria Silvia Bastos É MAIS UMA BAIXA NO GOVERNO TEMER

PODE SER O INÍCIO DO DESMANTELAMENTO DA EQUIPE ECONÔMICA

A presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos Marques, pediu demissão do banco de fomento nesta sexta-feira, 26/05/2017. Ela será sucedida por Ricardo Ramos, que atualmente é diretor de operações indiretas do Banco.

Maria Silvia Bastos, de forma "elegante", apresentou "motivos pessoais" para deixar o cargo, e se declarou "com orgulho de ter feito parte da história da instituição".

A executiva assumiu o cargo em junho do ano passado, se posicionou de forma técnica, resistindo até onde pode as investidas de caráter político, que vieram crescendo, tentando usar o BANCO para negócios pouco transparentes e seguros em termos de retorno.

É sabido que Maria Silvia saiu, antes de ser derrubada. Ela era alvo de fogo amigo de empresários e políticos da BASE ALIADA.

Fragilizado e precisando de apoio de sua BA$E, Temer acabou cedendo e sacrificando a economista.

OAB PEDE IMPEACHMENT DE MICHEL TEMER - PREVARICAÇÃO E OMISSÃO !

UM PEDIDO DESSA NATUREZA, FEITO PELA OAB, TEM UM PESO ENORME SOBRE A JÁ FRÁGIL ESTRUTURA DO GOVERNO TEMER

Brasília – A Ordem dos Advogados do Brasil protocolou na tarde desta quinta-feira (25/05) o pedido de abertura de processo de impeachment contra o presidente da República, Michel Temer. 

A diretoria da OAB Nacional, juntamente com presidentes de Seccionais, conselheiros federais e dezenas de dirigentes da entidade, foi à Câmara dos Deputados entregar o pedido, elaborado após votação na última semana, em que, por 25 votos a 1, a entidade aprovou o início do processo.

Para a OAB, o presidente Michel Temer cometeu práticas político-administrativas de crime de responsabilidade, ferindo a Constituição Federal, bem como na Lei do Impeachment.

O pedido de abertura de processo de impeachment é baseado no parecer produzido pela comissão especial convocada para analisar a conduta do presidente Michel Temer relatada em delação premiada do empresário Joesley Batista.

A OAB pediu, ainda, a convocação dos irmãos Joesley e Wesley Batista, do Grupo JBS, e do procurador-geral da República Rodrigo Janot como testemunhas na ação pelo impeachment de Michel Temer.

Durante a entrega do pedido, o presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, explicou à imprensa que o entendimento da entidade não é baseado nos áudios entregues pelos empresários, que ainda carecem de perícia, mas no fato de Temer ter confirmado o teor das conversas e não ter denunciado a suposta corrupção de juízes e um procurador. 

“A decisão da OAB é técnica, tomada em sessão com oito horas de duração, na qual conselheiros expuseram seus pontos de vista e visões jurídicas”, frisou.

“Estamos em menos de um ano e meio de gestão pedindo mais um impeachment de um presidente da República. No entanto, o fazemos de maneira totalmente independente e a demonstrar que a OAB tem compromisso com o Brasil e que a sua ideologia é a Constituição Federal”, afirmou Lamachia.

“O pedido da Ordem dos Advogados do Brasil leva em consideração as manifestações do senhor presidente da República, que em rede nacional de televisão e entrevista a um jornal declarou conhecimento em relação a todos os fatos -- ou seja, escutou deste empresário, que ele chama de delinquente e fanfarrão, todos aqueles crimes, nada fazendo quanto a isso. Este é o fato que se tornou incontroverso. 

Na visão da OAB, temos presente o crime de responsabilidade do presidente”. 


segunda-feira, 22 de maio de 2017

DELAÇÃO DA JBS ENVOLVE POLÍTICOS DO RIO E CRIME DE MILÍCIA

BARRA MUITO PESADA

Para quem pensa que a DELAÇÃO DA JBS parou por aí, os próximos dias podem trazer grandes surpresas. O POSSÍVEL ENVOLVIMENTO do nome de políticos do Rio de Janeiro, e a ligação com MILICIANOS, deve ser ALVO em breve de novas OPERAÇÕES da Polícia FEDERAL e do Ministério Público.

Nomes ainda não foram revelados, mas, o DELATOR DA JBS foi orientado pelas autoridades brasileiras a ir para local não sabido no exterior, e para ter cuidado com ligações telefônicas.

O motivo de Joesley e família, além de outros delatores terem deixado o BRASIL, não foi um prêmio por sua DELAÇÃO, mas sim a constatação de autoridades policiais e da JUSTIÇA, de que todos corriam sério risco de vida. Protegê-los aqui seria uma tarefa difícil.

CONFIRA A NOTA DO PAINEL DA FOLHA
Jogo pesado Joesley teria sido orientado pelas autoridades a não informar seu paradeiro nem aos mais próximos, por receio de interceptações telefônicas ilegais. Na delação da empresa, foram citados nomes da PM e de políticos suspeitos de ligação com as milícias do Rio.