terça-feira, 29 de novembro de 2016

A PRISÃO DE ADRIANA ANCELMO - ESPOSA DE SÉRGIO CABRAL NÃO DEVERIA ESTAR PRESA ?



O juiz Marcelo Brêtas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, mandou bloquear os bens (imóveis) em nome de Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e também os de seu escritório (Ancelmo Advogados). 

A decisão foi tomada ontem a partir de pedido do Ministério Público Federal (MPF), que considera que a ex-primeira-dama fazia parte do esquema de lavagem de dinheiro de propinas pagas ao ex-governador.

Ora, se essa POSIÇÃO do MPF foi considerada pertinente, ou seja, Adriana Ancelmo, na visão do MPF é CÚMPLICE do marido e demais integrantes da quadrilha acusada de assaltar os cofres públicos, qual o motivo de todos estarem presos e ela solta 

O próprio JUIZ reconhece que “Com o aprofundamento das investigações, foi identificada a participação mais efetiva da investigada Adriana Ancelmo na atividade da suposta organização criminosa." 

Então, diante da gravidade dos fatos, é voz corrente no meio jurídico e também na opinião pública, que a advogada deveria ser presa. O MPF já pediu essa prisão, mas o juiz insiste em negar.

Aproximadamente R$ 7 MILHÕES em JÓIAS foram comprados por CABRAL, Adriana Ancelmo, o motorista da família e outros integrantes da "suposta" organização criminosa". 

Grande parte dessas jóias permanece desaparecida. Elas foram compradas sem NOTA FISCAL, o que evidencia SONEGAÇÃO FISCAL. Há quem faça relação entre essas compras milionárias e as ISENÇÕES FISCAIS concedidas as JOALHERIAS no Rio de Janeiro.

domingo, 27 de novembro de 2016

PROTESTO CONTRA ANISTIA DO CAIXA DOIS NA PORTA DO DEPUTADO RODRIGO MAIA


Aproximadamente de 30 pessoas participaram de um protesto na manhã deste domingo (27/11) em frente ao prédio onde reside no Rio de Janeiro o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A manifestação que foi "monitorada' por homens da FORÇA DE SEGURANÇA NACIONAL, ocorreu em São Conrado, na Zona Sul da Cidade. 

O grupo, embora pequeno, fez bastante barulho e portava faixas protestando contra o projeto que prevê anistia para parlamentares que tenham praticado caixa dois nas eleições. 

Rodrigio Maia está fora do Rio, e não presenciou a manifestação. 

O deputado, que chegou a PRORROGAR uma SESSÃO até de MADRUGADA na última quarta-feira para ver se conseguia aprovar a ANISTIA, agora mudou de posição, e está em Brasília, onde fará um pronunciamento à tarde, ao lado de Michel Temer e Renan Calheiros.

Pressionados pela forte reação da opinião pública, o governo e os presidentes do Legislativo, vão anunciar que a ANISTIA não será aprovada junto ao PROJETO das medidas de combate a corrupção. A BASE aliada de TEMER e alguns deputados da oposição apostavam nessa anistia e sua extensão para outros crimes eleitorais, visando escapar das DELAÇÕES da Operação Lava-jato

Os manifestantes foram convocados pelo grupo Vem Pra Rua.

domingo, 20 de novembro de 2016

EX-GOVERNADOR GAROTINHO PASSA POR CIRURGIA CARDÍACA

RECUPERAÇÃO EM UNIDADE INTENSIVA-CORONARIANA


O ex-governador Anthony Garotinho foi submetido a um CATETERISMO / angioplastia, procedimento cirúrgico em que um 'stent' é colocado em artéria coronariana. No caso do ex-governador, na manhã de hoje, no Hospital Quinta D'Or, em São Cristóvão, Zona Norte, para onde foi transferido por ordem da JUSTIÇA, ele apresentava uma "obstrução em ramo da coronária direita.

Segundo o Hospital, o procedimento foi bem sucedido e o quadro de saúde do ex-governador é estável. Ele continua internado na Unidade Cardio-intensiva do hospital sem previsão de ALTA.

O fato revela que, a AÇÃO do juiz eleitoral de Campos, que determinou que o ex-governador fosse transferido para o presídio de Bangu, foi uma temeridade, e poderia ter tido graves consequências, como até a ocorrência do óbito do preso.

sábado, 19 de novembro de 2016

TRAGÉDIA NO RIO DE JANEIRO - HELICÓPTERO DA POLÍCIA MILITAR CAI E QUATRO POLICIAIS MORREM NA HORA.

VÍTIMAS MORRERAM NO LOCAL

Já foram identificados os quatro Policiais Militares que morreram agora a pouco em consequência de um acidente com um helicóptero da Polícia Militar que caiu na região de Jacarepaguá, Zona Oeste da Cidade do Rio de Janeiro.

O major Melo, capitão Schorto, subtenente Barbosa e sargento Félix, eram integrantes do GRUPAMENTO AÉREO DA PM.  

Não se sabe se o helicóptero caiu por ter sido atingido por algum disparo feito por traficantes da região, ou se apresentou uma PANE. 

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

GAROTINHO CONTINUARÁ PRESO - JUSTIÇA NEGA HABEAS-CORPUS

EX-GOVERNADOR PERMANECE INTERNADO NO HOSPITAL MUNICIPAL SOUZA AGUIAR

A Justiça Eleitoral negou um segundo pedido de habeas corpus para o ex-governador do Rio de Janeiro, e secretário de Governo de Campos dos Goytacazes, Anthony Garotinho, preso nesta quarta-feira pela Polícia Federal. 

O desembargador eleitoral Marco Couto, ao negar o pedido disse que “não se vislumbra ilegalidade manifesta na decisão que determinou a prisão preventiva”.

Anthony Garotinho foi preso ontem, de forma preventiva, na Rua Senador Vergueiro, no Flamengo, na Zona Sul do Rio. 

O mandado de prisão foi decretado na OPERAÇÃO CHEQUINHO, pelo juiz Glaucenir Silva de Oliveira, da Justiça Eleitoral de Campos. 

Ontem, próximo da hora em que seria transferido para a sede da Polícia Federal em Campos, o ex-governador passou mal, teve um PICO HIPERTENSIVO e precisou ser levado ao Hospital Municipal Souza Aguiar, onde permanece internado.

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

INTERVENÇÃO FEDERAL NO RIO DE JANEIRO - HENRIQUE MEIRELLES NEGA QUE VÁ SER DECRETADA



11/11/2016 - 16h36
Rio de Janeiro - Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, descartou uma intervenção federal no Rio de Janeiro com objetivo de regularizar a situação fiscal e econômica do estado. Meirelles falou à imprensa nesta sexta-feira (11), na sede da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

“A intervenção federal é uma prerrogativa do presidente da República. O presidente, com a aprovação do Congresso, pode decretar a intervenção federal. Isto não é os governadores ou prefeitos que possam decretar, eles podem pedir. E a intervenção federal não será decretada no Rio de Janeiro”, disse o ministro.

Reportagem publicada na edição de hoje do jornal O Globo afirma que o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, pode entrar com pedido oficial de intervenção federal no estado.

Meirelles considerou que os efeitos de uma intervenção podem ser muito piores do que as possíveis soluções, além de haver requisitos constitucionais a serem respeitados.

“Existem efeitos financeiros para a União e efeitos de ordem constitucional e do Congresso. E segundo, que o presidente, para decretar, existem definições constitucionais que justifiquem ou dão base para a intervenção federal. Portanto, estamos aqui fazendo o que é possível para que essa situação seja enfrentada da melhor forma possível”, disse.

Perguntado no que o governo federal poderia ajudar o Rio, Meirelles respondeu que existem operações financeiras possíveis, envolvendo royalties futuros provenientes da exploração do petróleo.

“Existem possibilidades de que o Rio possa dar como garantias receitas provenientes da exploração do petróleo, os royalties, para serem colocadas no mercado. O Banco do Brasil já estruturou uma operação dessa para o estado do Rio no passado e está trabalhando intensamente para estruturar, é uma das coisas que estamos trabalhando”, detalhou.

Meirelles lembrou que não é apenas o Rio que atravessa dificuldades financeiras, situação que também acontece em outros estados.

“Existem estados em a situação também muito difícil. A situação do Rio é a mais dramática, de fato a mais aguda. Mas, evidentemente, que temos de olhar a situação de todos os estados, não se poderia tomar medidas individuais”, disse o ministro.

Edição: Juliana Andrade

domingo, 6 de novembro de 2016

CONFIRA O RESULTADO DA MEGA-SENA CONCURSO 1873 - 05/11/2016

ACUMULOU !

O sorteio foi realizado no "Caminhão da Sorte", que está na cidade de Uruçuí (PIAUÍ). 

Ninguém acertou os números sorteados no concurso 1.873 da Mega-Sena, que aconteceu ontem - 05/11/2016 

Os números sorteados foram 
05 – 25 – 28 – 41 – 53 - 54 

RATEIO 

27 apostas acertaram cinco números e ganharam R$ 61.995,05. 
3.152 apostas acertaram os quatro números sorteados e ganharam R$ 758,64. 

O próximo concurso está programado para terça-feira dia 08/11, com previsão de prêmio de R$ 9 milhões.